terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Sempre em frente

Estava passando por uma rua movimentada, nos confins da minha cidade, quando o vi. Era um senhor idoso; os cabelos bem brancos, raros em algumas partes da cabeça, corpo magro, rosto enrugado. Vestia uma roupa de fazer exercícios e um tênis com meias brancas. Não me chamaria maior atenção, não fosse o modo como ele caminhava. Andava curvado, ofegante, uma perna mancando ligeiramente, as mãos se movendo como se procurassem apoio. O mais incrível é que, mesmo assim, ele seguia em frente.

A calçada não era exatamente uma pista de cooper; cheia de buracos e mato crescendo em alguns locais, postes surgindo quando se menos esperava. Vi-o tropeçar uma vez e apoiar-se no primeiro poste que encontrou. Parecia extremamente cansado, como se a evidente carência de músculos na perna não fosse dar conta dos ossos e estes fossem se partir a qualquer instante. Mas não parava de andar.

Pensei nas vezes em que me senti cansada, depois de um dia de trabalho. Pensei nas tantas vezes em que me cansei da vida. Pensei até nos instantes em que a inspiração para criar me falta. A gente não consegue — nem precisa — estar feliz em todos os momentos. Aquele senhor não parecia feliz. Mas seguia sempre em frente.


"Anyway the wind blows
Doesn't really matter"

Imagem:
"Old man walking in a rye field" de Lauritz Ring

12 comentários:

Dalleck disse...

Eu sempre penso nisso também. Enquanto eu reclamo dos meus problemas e sempre quero desabafar com alguém, eu vejo pessoas em situações piores e que sempre seguem em frente. Muitas vezes sem falar com ninguém, por vergonha. Às vezes eu queria saber o que essas pessoas estão pensando, e fazer alguma coisa para alegrá-las.

ticoético disse...

foi um texto simples mais bonito,é legal essa mensagem,me lembrei duma letra de Bowie que até usei em um dos meus textos,diz assim: "sempre em frente,nunca pra trás" mas enfim,belo texto .
abraço !
ps:desculpe por não estar comentando é q estou sem tempo mas prometo q leio tudo q perdi em breve ,bom fim de ano pra você (:

Vince disse...

Johnny Walker. Keep walking.

µαri disse...

"Carry on, carry on as if nothing really matters..."

Incrivel como vejo pessoas desistindo de viver e simplesmente sobrevivendo! Creio que pra VIVER temos que correr atras dos nossos sonhos e desejos. Quando n há isso, sobrevive-se!

"Forever trust in who we are
And nothing else matters..."

Marcelo disse...

Costumo dizer que a idade nos presenteia com algo muito precioso; a falta de temores.
Quanto melhor conhecermos o caminho (e só o tempo nos leva a esse conhecimento) com mais segurança iremos caminhar.
Talvez esse senhor que você viu não esteja infeliz, talvez ele seja apenas seguro.
Um dia chego lá...

Marcelo disse...

P.S: Essas duas "postagens removidas pelo autor" são minhas.
Quando cliquei para publicar o comentário ele foi publicado três vezes, então apaguei as duas cópias a mais.

Beijinhos meus.

Eduardo Trindade disse...

Sempre em frente, nossos passos e o vento que sopra com certeza trarão caminhos novos e, entre os novos caminhos, os melhores deles.
Abraços e feliz 2010!

Larissa Bohnenberger disse...

É... por mais difícil que seja seguir em frente quando não se está feliz, temos que fazê-lo. Que outra alternativa nos resta?

Um Feliz Ano Novo, e que 2010 venha para pôr um fim neste 2009 horroroso.

Bjs!

Jéssica disse...

Oooown, M. Obrigada! *_______*

Vc não sabe como é bom pra mim sentir verdade em algo que é escrito por você. Posso sentir.

Quero muito que 2010 seja show de bola pra você e sua família. Muito sucesso em sua carreira, te admiro pra caramba.

Muito amor, muita paz, muita luz e sabedoria pra vc e sua família. Tb te desejo do fundo do coração.

Bichinha, algo me diz que ainda vou te conhecer pessoalmente. HAHA
E quando este dia chegar, mesmo que fique tapada de vergonha, um abraço bem apertado eu sei que vou te dar.

Uma ótima noite de virada pra vc!

Beijo grande, amore!
Jéssica.

Clecia disse...

Oi,Marina! Tudo bem? Que saudade de passar por aqui. Mas 2009 foi um ano louco para mim. Quase sem tempo para postar no blog, principalmente nos últimos meses. Mas cá estou para para, desejar-te um 2010 de grandes realizações em sua vida! Bjos!!!

Luciano A.Santos disse...

Marina,

São nesses momentos que percebemos o quanto nossos problemas são pequenos. Minha avó diz, quando reclamo de algo, que não devo reclamar, pois tudo pode piorar.

Grande abraço e ótimo 2010.

Leila disse...

Quanto tempo não passava por aqui. Também há tempos não escrevia nada... Senti falta das duas coisas! E parece que vc adivinhou o sentimento: ''Pensei até nos instantes em que a inspiração para criar me falta''. Sempre bom te ler. Beijos