quarta-feira, 5 de maio de 2010

Eu não sou daqui

Olho pros lados

e tenho certeza.

Dúvida:

Será que

somente eu vejo?

Se não sou diferente

Por que

ninguém mais

parece enxergar?

Por que,

sem mais,

tudo passa?

Nenhum grito,

nenhuma palavra

Sinal de fumaça

Sou

certamente

de outro lugar

de outro planeta

Ou do mar...


"Minha vida é diferente da sua
Estou aqui de passagem
Este mundo não é meu"

16 comentários:

George Marques disse...

Eu sempre achei que nasci no lugar errado. Também muitas vezes sinto que não sou daqui.

Gabriela Baldasso disse...

É,eu também não, acho que sou de plutão ou algo bem mais distante

disse...

Olha só
Tendências poéticas
as coisas tão melhorando :D

Eduardo Trindade disse...

Lindo, guria, lindo mesmo...
Acontece que somos únicos. Quanto mais conscientes de nossos desejos, mais tomamos consciência, também, da nossa individualidade. Difícil é quando essa individualidade se confunde com a sensação de não-pertencimento. Bem que as relações com o mundo poderiam ser mais fáceis, não é? Mas: será que teria graça?
Ah, e se pertencemos ao mar, quem sabe? (Tu talvez, com esse nome tão significativo...) Sei é que o mar, como as palavras, pode lavar (e, às vezes, levar) tanta coisa!
Abraços grandes!

C. Lisdália disse...

Você é diferente, todos somos!

E as vezes é bom ver o que ninguém vê!

;)

Erick Macau disse...

tds têm essas questões existenciais nalgum momento da vida
hauahuahuahauhahaa
bem-vinda à realidade

abraços libertários

Jullia A. disse...

Tem gente que 'e curinga.
Voce j'a leu 'O DIa do Curinga', do Jostein Gaarder? Se nao leu, devia (:

Lucas Emanuel disse...

Já que estamos aqui de passagem, vamos fazer uma forcinha pra sermos ao menos da tarifa C. Assim podemos valer um pouco mais.

D.Ramírez disse...

São vários seus coments e eu sem tempo de vistar vc.
Hoje tirei algumas horas para isso e claro, vir ate vc.
Li varias, adorei!
Apesar de te ver lá, estava com saudades de comentar aqui.
Besos

Heloisa disse...

Eu também não sou daqui :P

E hoje eu gostaria de poder fugir para o mar e por lá ficar, porque preciso de paz, e não encontro nesse mundo.

Thiago disse...

Pior q atualmente não tô conseguindo me encaixar em nenhum lugar...tô mais nômade q nunca!!

Rebeca Amaral disse...

ih menina... também não sou, não.
quero, pelo menos, descobrir.

Gabriela disse...

As perguntas nos confude... nos põe em dúvida de nós mesmos.

Gaby Soncini disse...

Lindo demais!

Também tenho a impressão que não sou daqui, e na verdade é bom ter consciência disso.

Grande Beijo.

tati_nanda disse...

sinto que sou do mar ás vezes
:)
foi vc quem escreveu?
escereve bem
:D
to seguindoo
beijo

Ygo disse...

Como diz Mota Machado: "igual a você, diferente." Nossa, como acho essa frase impertinente. xD