sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Believe

É triste ouvir tanta gente dizer que não gosta do dia de Natal. Até entendo que a magia que existia quando a gente era criança tenha ido embora. Entendo que não exista mais a espera do bom velhinho da sacola de presentes. Entendo que montar a árvore, colocar a meia na janela não tenha mais tanta graça quanto antes. Entendo. Eu também sinto isso, a velha melancolia dos Natais passados.
Véspera de Natal. Lembro-me de que, nesse dia, a gente já ficava de olho nas sacolas vermelhas, embaixo da árvore da minha avó, procurando uma etiqueta com o nosso nome. Presentes de toda família num pacote só. Eram Natais mágicos, aqueles. O de esperar os guizos tocarem e cair no sono antes disso. De assistir o especial de Xuxa, sonhar com o dia seguinte. E acordar com um presente aos pés da cama.
O Natal acabou só porque nós crescemos? O sentido do Natal se perdeu? Fico pensando o quanto o sentido do Natal tem a ver com acreditar em Papai Noel. Não devia ser assim. Hoje é, sim, um dia especial, porque é o aniversário daquele que morreu para nos salvar. Um Feliz Natal para todos aqueles que acreditam.


"When it seems the magic slipped away
We find it all again on Christmas Day.
Believe."

7 comentários:

J. disse...

M., acho que o natal meio que acabou porque crescemos, sim. Mesmo assim, ainda curto montar árvore de natal. haha.
Nunca acreditei no papai noel, até porque meus pais não contavam histórias fantasiosas sobre ele e nem faziam a gente acreditar que o presente aos pés da nossa cama foi o bom velhinho que deixou. E sou imensamente grata por isso. :)

Ainda há tempo, então, te desejo um ótimo natal e um ano novo cheio de paz e alegria pra que isso seja um bom reflexo nos seus dias de 2011.

Beijos, lindona!
Até! ;)

Frederico Toscano disse...

O Natal não é mais nem menos do que aquilo que a gente faz dele. E ele pode ser tão mágico quanto a gente queria que ele seja. Mas tem que partir de nós, não de uma data em um calendário.

;)

i, quanto ao texto, seria assim: todo mundo em uma história engraçada em que se deu mal. E quem não curte a oportunidade de reclamar um pouco? Já sei que você escreve bem, já que acompanho teu blog, então pensa ai em alguma história engraçada e reclamativa e me manda!

fredericotoscano@hotmail.com

=D

http://oblogdareclamacao.blogspot.com/

Leila disse...

Não acho que o Natal acabou mesmo não. Cada pessoa tem fases, crenças, positivismo ou momentos de descrença. Conseguir se encantar com as pequenas coisas da vida é uma dádiva. Talvez por isso, quando crianças, as coisas pareçam mais mágicas. E talvez quando tivermos as nossas crianças ou mais famílias e amigos agregados, mais magia possa tornar esse momento ainda mais gostoso. Continuo gostando do natal. ÓTIMO NATAL PRA VC, Marina! Beijocas!

Larissa Bohnenberger disse...

Não sei dizer exatamente que significado o Natal tem pra mim nos dias de hoje. Mas si dizer que geralmente sou feliz nesta data. Talvez seja um presente do bom velhinho.

Um excelente Natal pra você, mesmo que já com atraso. Espero que o dia de hoje tenha sido maravilhoso!

Bjs!

Francilene Suri disse...

Concordo, eu não sou tão fã do natal, mas só tenho boas lembranças dessa epoca! então considero um tempo bonito é especial!

Bom o natal passou, espero que o teu tenha sido otimo, e feliz 2011, cheio de coisas boas!!!! rs

Beijos!!!

Magna Santos disse...

Apesar de atrasado, Feliz Natal. Porque, afinal, sempre é dia Dele.
Um 2011 de tudo de melhor para você, Marina.
Obrigada pela companhia.
Beijos.
Magna

V.H. de A. Barbosa disse...

A última pessoa que disse não gostar do natal pra mim, logo depois revelou não ser feliz. Ah, ok, entendi!