sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O filme do ano

Não vi muitos filmes em 2010. Pensando bem, este e o ano passado foram anos particularmente vazios de filmes para mim, que mal pude dar uma passadinha no cinema de vez em quando. Estranho para uma pessoa que ia uma ou duas vezes ao cinema por semana. Deixei de ver vários filmes que estavam em cartaz pela simples falta de oportunidade.

Mesmo assim, dos filmes que eu vi, Tropa de Elite 2 está, sem dúvida, entre os melhores. O primeiro da série foi um marco pra minha turma da faculdade, pois foi base para as gravações do filme da aula da saudade. Como minha turma era meio revolucionária, usamos a nossa afinidade com o filme, de ir contra o sistema, para fazer um filme contra o sistema comum nas faculdades públicas. O primeiro Tropa de Elite foi um filme que, por mais que fosse violento, ou talvez por isso mesmo, nos dava esperanças de que havia jeito para o Brasil. Até sair o segundo.

Sem grandes spoilers, farei só umas pequenas considerações sobre subtítulo do filme: O inimigo agora é outro. O fato é que, quando mudaram o inimigo, mudou tudo, inclusive a nossa crença tão idealista de que um homem — no caso o Capitão Nascimento — podia fazer a diferença. Com esse outro inimigo, a gente se vê de mãos atadas, sabendo que somos nós mesmos que lhe damos poder. Esse inimigo pode ser aquele palhaço analfabeto que elegeram "por protesto". Ou aquela ex-guerrilheira eleita "apenas por nordestinos". Ou tantos outros que não sabem localizar os estados brasileiros no mapa. E eu fui ver o filme no dia anterior ao segundo turno das eleições presidenciais. Foi aquele famoso "voto no ruim ou no pior ainda?" Como diria o Capitão: "O sistema é foda". Mas a gente tem que participar dele e acreditar que ele pode mudar.

Por ser real, cruel, verdadeiro, o filme é demais. Tropa de Elite 2, o filme do ano.


#MemeDasAntigas: Dia 03/12 – Meu filme preferido em 2010

10 comentários:

Bruno Portella disse...

A cena dele espancando o político é maravilhosa! Saí bem do cinema.

Camila disse...

Concordo com você! Tropa de Elite 2 é mesmo o filme do ano.

Camila disse...

Eu ainda não vi.


beijos

Tyler Bazz disse...

O sistema é foda, e aproveitando a música do filme: "também vai pegar você."
Tenso.

Frederico Toscano disse...

Só se eu puder te chamar de Mari.
;)
Tropa de Elite provoca, sem dúvida, uma catarse no público que assiste. Mas acho que é muito mais pelo comodismo do que por qualquer outra coisa. A verdade é que muito mais fácil, para a grande maioria das pessoas, ir ao cinema, ver um filme onde o heroi incorruptivel castiga o bandido e vence no final (ainda que com grandes sacrificios) do que encarar a vida real e tentar melhorar o que está a nossa volta.
Dito isso, eu acho o filme foda e no carnaval, vou me fantasiar de BOPE pra invadir os morros de Olinda com certeza!
:D

:*

http://oblogdareclamacao.blogspot.com

MaxReinert disse...

Acgo o filme fantástico...um soco no estômago... e ao contrário do Frederico, não consigo ver um final feliz em que o mocinho salve tudo e nos saímos tranquilos.

Saí do filme destruído... com uma sensação de impotência tremenda para lutar contra esse tal de "sistema"... mas sabendo que é imprescindível fazer algo!

µαri disse...

Osso duro de roer.

Realidade é uma merda mesmo. Cadê aquela pílula azul, hein?!

Larissa Bohnenberger disse...

Tô cansada de comentar sobre Tropa de Elite 2. Eheheheheh!

Bem, resumindo, eu não vi, não verei porque não gosto de filmes reais e verdadeiros (rsrsrs) e já perdi a minha esperança no Brasil faz muito tempo.

De qualquer forma, está disparado na frente dos outros, pelo que tenho lido.

E juro que é o último comentário que faço sobre este filme! Rsrsrsrs!

Bjs!

Marcos de Sousa disse...

Certamente é o filme do ano.

Beijos

Leila disse...

Caramba! Concordo com vc, não apenas na escolha do filme, mas em cada um dos comentários e considerações. É isso mesmo: é foda, mas a gente não pode deixar de participar, se conformar e só dizer que tá tudo uma merda.