sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Prisão

O grande alívio de sair de uma prisão, depois que você é esquecido nela por muito tempo. Poucos são capazes de entendê-lo completamente. Não de todo agradável; às vezes a prisão é um lar, um refúgio. Um vício. A liberdade assusta; apenas sonhamos com ela. A prisão era o que restava.

Mas há vida, lá fora. Só temos que aprender a ser livres de novo.

Não há nada como ser livre de novo.


Um comentário:

Larissa V. disse...

A prisão ideal é aquela da qual o preso não deseja fugir. E muitas vezes somos os carcereiros de nós mesmos.
Um beijo!