sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Aventuras de verão

Um barulho na janela fez com que ela acordasse do sono leve, recém conquistado. Mas despertou assim que entendeu quem a chamava, pulando da cama e jogando longe os lençóis. Enfiou a cabeça para fora da janela, sentindo o cheiro de maresia vindo do horizonte e estreitando os olhos para enxergar na escuridão do quintal. O branco do sorriso largo recebeu-a e ela apenas pôde imaginar que os olhos divertidos brilhavam tanto quanto ele. Acompanhou o sorriso, sorrindo também.

- O que está fazendo aqui?
- Vim saber se você está a fim de ir comigo lá na praia.
- A essa hora?
- Tenho um plano. Uma aventura. Não pode esperar.
- Mas... Meus pais...
- Vamos voltar antes de amanhecer.

Ela mordeu o lábio, pensativa, considerando suas opções e toda a repercussão de sair no meio da madrugada para participar de um dos planos malucos dele. Estava tarde e os pais dela costumavam acordar cedo. Mas a proposta era muito tentadora para resistir.

- Vamos! - ele incentivou. - A gente só vive uma vez.
- Está bem - ela decidiu. - Espera.

Voltou para dentro do quarto e pescou de dentro do cesto de roupa suja o moletom que usou durante o jantar daquela noite, vestindo-o por cima do pijama. E retornou à janela, hesitando e considerando uma última vez a loucura daquilo tudo. Então, colocou uma perna na passagem estreita e deslizou para fora de seu quarto, equilibrando-se nas telhas e tomando cuidado para não escorregar. Pouco depois, já estava em frente a ele, conseguindo agora ver seu sorriso e seus olhos tão radiantes que iluminavam tudo em volta. Ela não sabia mais se ele estava feliz por sua presença ou se estava animado pela expectativa de pôr em prática o seu plano.

Mas isso não importava para ela. O que importava era o momento. Ele aproximou-se e tomou-lhe a mão, convidando-a a compartilhar de seu entusiasmo. E então, com um aperto mais forte, ele puxou-a em direção ao mar, para a noite quente, cheia de aventuras.

E, com os dedos entrelaçados, eles estavam prontos para conquistar o mundo.

Imagem: Flickr - Creative Commons
 
"And tonight we can trully say
Together we're invincible"

--
https://www.facebook.com/groups/naosomosescritores/

2 comentários:

Ruhh Belle disse...

Marina, que conto lindo! Gostei muito e eu pude sentir o ar romântico, pude também me apaixonar ainda mais pelo mar <3
Você escreveu com tanta delicadeza! Parabéns ^-^ Muito sucesso.
Beeijos,
Ruhh


{http://www.thoughtsandadventures.com.br/}

Lenise Battisti disse...

Que texto mais gracinha, gostei muito da maneira como você escreve. Parabéns, estou seguindo seu blog!

http://lenabattisti.blogspot.com.br/